quarta-feira, 4 de novembro de 2009

"Você não pode impedir o que está por vir."


Dia 4 de novembro. Gostaria de deixar registrado um pensamento. É pouco racional, mas me fez torcer as sobrancelhas, como se o sol de um deserto estivesse sobre minhas vistas. É pouco coerente, mas me fez trincar os dentes por um momento, olhando para o céu azul sustentado pelo horizonte além dos muros da minha casa. É um pensamento duro.
Até que ponto eu tenho liberdade e capacidade de lutar contra o que me cerca e o que me compõe? Essa capacidade existe em mim a partir do momento em que eu creio nela ou existe no mundo, inerente à todas as pessoas? Até onde eu controlo meu destino?

Estes dias ouvi um velho dizer o seguinte: "Você não pode impedir o que está por vir."

Nenhum comentário: