terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Após um longo periodo.

Essa palavra, periodo, é rica de significados nessa postagem. Por mais que eu destrinche todos os sentidos das palavra eu não vou conseguir expressar a multidão de acontecimentos que vararam o tempo entre esta postagem e a ultima. Portanto, caro leitor, acho que fica bom se eu explicar apenas o que mais salta aos olhos.
Sim, foi um periodo longo no sentido acadêmico. Tudo começou maravilhosamente, mas derrepente, em novembro, todos nós sabiamos e repetiamos que precisávamos de férias. A matéria começou a se arrastar, algumas vezes até mesmo em nossas disciplinas favoritas. Os trabalhos amontoavam-se e caiam de minha escrivaninha como uma avalanche. Era possivel sentir que havia professores loucos pra não ver mais nossos rostos e alunos loucos pra não ver mais certos professores. Enfim, são as consequências das diversas nuances que a simpatia humana pode assumir.
O periodo também foi rico de experiências e vivências. Houveram pessoas, fatos e lugares diferentes, bons ou ruins. Aquilo que se achava apartado, sob diversas perspectivas - impossivel, sonho, irrealizável, inesperado - tornou-se próximo e derrepente, palpável como meus próprios cabelos.
E finalmente caro leitor, se é que você existe significativamente, o periodo foi longo por causa das leituras que me consumiram e por causa do meu afastamento da internet - essa rede que na verdade nada mais é que um monstro devorador de tempo - o que impediu que postagens fossem feitas com maior regularidade, naturalmente, a que se espera.

Fica plausível deixar claro um pensamento que me ocorreu agora no final: haja visto todos os pressupostos que pus acima para nomear essa faixa de tempo inter-postagens de "periodo longo", fica claro que em minha vida os periodos vão se tornando, antitéticamente, cada vez mais longos e curtos. Longos porque, como suor caracteristico de minha profissão, a leitura me tomará a maior parte do tempo, bem como a escrita de textos; curto porque, segundo diz a já velha sabedoria dos povos, quanto mais coisas pra se fazer, menor fica o tempo, tudo parecendo passar rápido demais. Arrê! Essa é uma discussão sobre o tempo que ficará para uma próxima postagem!

Nenhum comentário: